top of page
  • Foto do escritorICMBio Noronha

Monitoramento do Peixe-Leão chega a marca de 115 capturas em Setembro

Desde 2020 foi elaborado um plano de manejo e treinamento para as operadoras de

mergulho estarem aptas para realizar a captura


Foto: Acervo ICMBio


A preocupação com a proliferação do Peixe-leão no arquipélago Fernando de Noronha se tornou maior desde dezembro de 2020, quando aconteceu o primeiro avistamento e a primeira captura. Na última expedição, que está em andamento até o dia 30 de setembro, o número já se aproxima dos dados totais, registrados em 2 anos.


Essa espécie invasora é um peixe recifal, pertencente ao gênero Pterois (família Scorpaenidae), considerada uma ameaça para o equilíbrio ambiental, por consumir espécies nativas e endêmicas da Ilha, com grande capacidade reprodutiva, e também, por conter uma toxina prejudicial aos seres humanos, em caso de contato.


Inicialmente, os pontos de avistamento da Área de Proteção Ambiental foram mapeados e o ICMBio Noronha realizou a primeira capacitação para iniciar o manejo. Atualmente, os mergulhos para captura de peixe-leão acontecem em profundidades que variam de 2,5 a 52 M, e foi ampliada a cobertura de área para a APA e o Parque Nacional Marinho.


Os dados apontam que a população está crescendo. Durante as expedições de 2020 a janeiro de 2023 foram capturados aproximadamente 160 peixes-leão. Neste ano, em um pouco mais de um mês, de 14 de agosto a 18 de setembro, foram capturados 115 peixes, e visualizados mais de 200 em uma área ainda maior, que inclui pontos do Mar de Dentro. Os dados são do monitoramento feito pela operadora Sea Paradise.


Como parte do plano de manejo, os peixes capturados seguem destinados para o estudo do trato digestivo, reprodutivo e análises do impacto da cadeia ecológica de Noronha.


Para as operadoras de mergulho que desejam colaborar com o monitoramento e captura, é possível solicitar a capacitação pelo ICMBio Noronha e auxiliar na proteção do arquipélago.


Confira as fotos:

Fotos: Fernando Rodrigues


Dentro da área do Parque

Caverna da Sapata

Cabeço da Sapata

Baía dos Golfinhos

Zé Ramos

Cagarras

Buraco do Inferno

Cordilheiras

Cação

Pontal do Norte


Área de APA

Laje dos cabos

Jujuba

Laje do bode

Laje dois irmãos

Quixabinha

Domo

Cabeça dos incas


Por Mariana Macedo Botão - voluntária comunicação ICMBio Noronha







Comments


Fernando de Noronha - Noticias Imagem - Site Noronha
bottom of page