• ICMBio Noronha

ICMBio Noronha realiza “Um dia no parque” no dia 24 de julho


O evento anual “Um dia no parque” volta às suas atividades neste domingo, 24 de julho, e o Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha faz parte da programação. Com o tema “De volta ao lar”, a 5ª edição do evento busca reaproximar o público das Unidades de Conservação. Nos últimos dois anos, a ação ocorreu de forma híbrida, mas em 2022, depois do período crítico da pandemia da Covid-19, é a vez de voltar a realizar atividades presenciais, com várias oportunidades de interação com a natureza.


Em Noronha, a programação conta com aula de Yoga no Complexo do Sancho com a professora Stella Furlan; treinamento funcional na Praia do Leão com a professora Débora Fernandes; plantio de mudas no Complexo do Sancho; treino de corrida na trilha do Capim-açu; história musicada com Doug Monteiro; contação de histórias na Praia do Sueste com o educador Guga Bezerra e Djalma Alves e o projeto Criando Asas, com a participação da bióloga Clara Buck e encerramento com o DJ Douglas Barents.


Para participar, basta inscrever-se neste link: https://forms.gle/x7qYhjXCUUDjH3pr7.


PROGRAMAÇÃO

6h30 - Yoga no mirante do Morro Dois Irmãos com Stella Furlan

6h30 - Treino de corrida no Capim-Açu

8h - Plantio de mudas no Complexo do Sancho com Econoronha

8h - Treinamento funcional na Praia do Leão com Débora Fernandes

15h30 - Apresentação com a bióloga Clara Buck e Projeto Tamar

16h - Contação de histórias na Praia do Sueste com Guga Bezerra e Djalma Alves

16h30 - História musicada na Praia do Sueste com Doug Monteiro

17h - Encerramento com música eletrônica na Praia do Sueste com o DJ Douglas Barents


Organizado pela Coalizão Pró-UCs (Coalizão Pró Unidades de Conservação da Natureza), o UDNP 2022 é uma oportunidade de descobrir UCs, parques, além das praças urbanas, perto de casa. O evento estimula a ideia de pertencimento humano com a natureza.


O evento "Um dia no parque" em Noronha tem o apoio da Superintendência de Educação e da Gestão de Meio Ambiente da ilha.


“Todo brasileiro vive perto de uma UC, mesmo sem saber, e é beneficiado por ela. O UDNP quer levar as pessoas para estas áreas e mostrar a mães e pais que elas podem ser espaços inclusivos, interessantes e convidativos para as crianças. Além disso, o mantra ‘conhecer para preservar’ é perfeito para o UDNP e os pequenos. Afinal, quanto mais a pessoa visita uma UC, mais ela gosta da área, compreende sua razão de existir, e passa a colaborar para seu fortalecimento”, aponta Joice Tolentino, gerente de relações institucionais do Instituto Semeia, organização que integra a Coalizão Pró-UCs e participa do evento desde 2018, primeiro ano da ação.

Fernando de Noronha - Noticias Imagem - Site Noronha