top of page
  • Foto do escritorICMBio Noronha

Equipe do Governo Federal faz vistoria nas Unidades de Conservação de Fernando de Noronha

O objetivo é a preparação para elaboração de futuros projetos de apoio à visitação


Fotos: Giselle Vasconcelos


De 8 a 10 de maio, uma comissão técnica composta por representantes do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Ministério do Turismo, Secretaria Especial para o Programa de Parcerias e Investimentos (SEPPI), Instituto Semeia e Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) está em Fernando de Noronha para uma prospecção de parcerias para apoio à visitação no NGI Noronha.


O principal objetivo dessa visita é analisar as condições atuais da ilha nos aspectos ambientais, sociais e econômicos. Esta iniciativa marca o primeiro passo do planejamento para possíveis aprimoramentos dos arranjos de delegações de serviços de apoio à visitação no Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha.


Roberta Barbosa, coordenadora de Estruturação das Delegações de Serviços de Apoio à Visitação nas Unidades de Conservação do ICMBio, destaca a importância da participação da comunidade nesse processo, através de consultas públicas. “Ainda há um longo caminho até o início dos futuros estudos e construção conjunta das possibilidades e aprimoramentos. Esta visita é um marco inicial”, disse.


A prospecção tem como objetivo melhorar a experiência dos visitantes, podendo visar melhorias nas estruturas existentes com olhar para a diversidade de experiências e a satisfação do visitante, garantindo o mínimo impacto ambiental.


Para Rafael Morgado, Coordenador-Geral de Parcerias e Concessões do Ministério do Turismo, é viável desenvolver um turismo sustentável em Noronha. “O destino pode ser promovido dentro da perspectiva da conservação do meio ambiente. O Ministério do Turismo se coloca como parceiro nesse processo, visando buscar parcerias para o constante aprimoramento de serviços de qualidade, infraestrutura e segurança aos visitantes”.


O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) é responsável pelo apoio técnico de estruturação do projeto. Robson Eneas de Oliveira, Chefe de Departamento de Estruturação de Projetos, destaca que os estudos ainda não se iniciaram. “Estamos em uma fase preparatória de prospecção. Em conjunto com a comunidade esperamos construir arranjos de parcerias com vistas ao impacto positivo para o meio ambiente e para a população local”, ressaltou.


Durante a programação dos futuros parceiros, foram realizadas visitas aos atrativos do Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha, além de reuniões com a equipe do NGI Noronha, com a mesa diretora do Conselho de Turismo de Noronha (Contur) e com a Administração do Distrito de Fernando de Noronha.





Por Giselle Vasconcelos - comunicação ICMBio Noronha






Comentários


Fernando de Noronha - Noticias Imagem - Site Noronha
bottom of page