Semana do Meio Ambiente e aniversário da APA são celebrados em Fernando de Noronha

 

 

 

 

     Dia 5 de junho é o Dia Mundial do Meio Ambiente. A data foi criada com o objetivo de mobilizar, de forma global, pessoas, organizações e países sobre a importância de proteger a natureza. Além disso, essa data traz em si a demanda da participação social e da democratização na gestão socioambiental.

 

 

 

 

Yoga na Praia do Porto com os estudantes. (Foto: Patrícia Lindoso / ICMBio)


          Em Fernando de Noronha, junto com o Dia do Meio Ambiente, comemoramos também o aniversário da APA de Fernando de Noronha que, em 2018, faz 32 anos. Para celebrar a data, o ICMBio promoveu, juntamente das escolas do arquipélago, uma série de atividades de educação ambiental com os estudantes. “A coincidência destes dois eventos tão importantes para a ilha fez com que a parceria do ICMBio e das escolas se tornasse uma tradição - com o apoio dos projetos TAMAR e Golfinho Rotador – e ficamos muito felizes em poder trabalhar essa mensagem com as nossas crianças, despertando nelas uma consciência crítica sobre todos os problemas ambientais com os quais temos que lidar em Fernando de Noronha e também no mundo.” - afirma Felipe Mendonça, gestor do ICMBio Noronha.

 

Abertura da Semana do Meio Ambiente no EREM Arquipélado Fernando de Noronha. (Foto: Patrícia Lindoso / ICMBio)



               Com o objetivo de lembrar e sensibilizar alunos e professores sobre importância da ecologia e história do lugar onde vivem, os ambientalistas, servidores e voluntários do ICMBio acompanharam os estudantes em caminhadas pelos atrativos do arquipélago, visitas guiadas a ilha Rata, palestras, coletas de resíduos, plantio de árvores e outras atividades culturais e esportivas.

 

(Fotos: Patrícia Lindoso / ICMBio) 



               A professora Fabiane Vilela - Educadora Ambiental e Bióloga - que dá aulas para todas as turmas do Ensino Fundamental, Médio e EJA da EREM Arquipélago Fernando de Noronha, falou sobre a iniciativa: “É muito importante realizar com os alunos ações que contribuem para a sensibilização da preservação e conservação da ilha, com foco na sustentabilidade, conhecimento da nossa fauna e flora, disponibilidade hídrica, geologia e história do arquipélago, além de compreender e distinguir a APA (Área de Proteção Ambiental) e o PARNAMAR (Parque Nacional Marinho) de Fernando de Noronha.”
 

(Fotos: Patrícia Lindoso / ICMBio)


          “Também vale ressaltar que foi um momento de muita parceria com a comunidade, que contribuiu voluntariamente nas atividades, com a participação dos pais, condutores da ACITUR, voluntários do ICMBio e outros parceiros.” – concluiu Fabiane.

 

Estudantes, professores, voluntários e servidores do ICMBio partindo para a visita guiada à Ilha Rata. (Foto: Patrícia Lindoso / ICMBio)

          A intenção é que esse público assimile o seu valor como indivíduo integrante do meio ambiente através de diálogos e práticas coletivas que potencializem a reflexão, como parte do seu processo de aprendizado, para que façam diferença na comunidade onde estão inseridos.



(Terça-feira, 11/06/2018, às 19:05, por Patrícia Lindoso / Comunicação ICMBio)

 

 

Share on Facebook
Please reload