Conselho Integrado da APA e do Parque define nova composição

 

 

Na última quarta-feira, 6 de dezembro de 2017, aconteceu a 6ª reunião ordinária do Conselho Integrado da Área de Proteção Ambiental e Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha. Após a unificação do Conselho da APA e PARNAMAR em abril deste ano, a pauta do evento foi a definição da nova composição do conselho único, que contou com a moderação de Alessandra Fontana e Jerônimo Martins, servidores do ICMBio, que atuam no Parque Nacional de Jericoacoara/Ceará. Felipe Mendonça deu as boas vindas para os participantes e em seguida os moderadores apresentaram a programação da reunião com uma breve explicação das etapas e dinâmica da mesma. Na sequência, os participantes se organizaram em duplas e conversaram para posterior apresentação ao grande grupo, expondo suas expectativas para o evento.

 

  

Em seguida, foi apresentada a linha do tempo com os principais momentos desde o início do Conselho, em 2014. Posterior à isso iniciou-se o processo de divisão do Conselho por setores da sociedade, previsto na Instrução Normativa que regulamenta Conselhos Gestores de Unidades de Conservação Federal (IN n. 09/2014).  A partir dos novos setores, foi votada a entrada de novos representantes, totalizando um Conselho de 30 membros, como listados e divididos abaixo.

  

Setores e seus respectivos representantes:

Comércio e Serviços: NORTAX (taxís) e ABRENO (bares e restaurantes);

Agropecuária e pesca: ANPESCA (pescadores) e Noronha Terra (agricultores);

Setor de Turismo: AHDEFN (meios de hospedagens), ACITUR (condutores), Associação dos receptivos;

Setor Atividades Náuticas: ABATUR (barcos PARNAMAR), ANEMA (mergulho PARNAMAR), ALAMAR (barcos APA);

Setor de Pesquisa, Educação e Conservação: CEPEHC (patrimônio histórico), Fundação Pró-TAMAR (conservação tartaruga), CGR (conservação golfinho rotador), Centros de Pesquisa ICMBio, UFRPE (universidade), UFRN (universidade), IAFENO (conservação) e UFPE (universidade);

Setor Gestão Pública: CDFN (conselho distrital), CPRH (conservação), Aeronautica, Marinha, IPHAN (patrimônio histórico), ICMBio Noronha (APA e PARNAMAR), ATDEFN (Administração), SPU (patrimônio público) e SEMAS (conservação);

Setor Cultural: AASAFEN (artesãos), Grupo Dona Nanete (cultura);

Setor Comunitário: APN (comunidade).

 

No encerramento da reunião foi oferecido um grande almoço. A próxima reunião ocorre em fevereiro de 2018. "Encerramos agora um processo que teve inicio com a oficialização da Gestão Integrada APA e Parque Nacional (ICMBio Noronha) em janeiro deste ano.  Após os conselhos entenderem a necessidade de também somar esforços em um único conselho, chegamos ao final de 2017 com a definição de sua composição. Agora publicaremos a nova composição e nova portaria do Conselho. O próximo ano promete ser um ano de importantes passos para a gestão das Unidades de Conservação de Fernando de Noronha a partir da contribuição de seu conselho" afirma Felipe Mendonça, gestor do ICMBio Noronha.

 

O ICMBio agradece a aeronáutica que disponibilizou o espaço de seu hotel de trânsito para a reunião e almoço. A reunião também contou com o apoio da ECONORONHA e da Associação as Hospedarias Domiciliares de Fernando de Noronha (AHDFN), através de seus associados: Santuário, Alamoa, Mar Aberto, Algas Marinhas, Fortaleza; dos restaurantes Museu do Tubarão, Cacimba Bistrô; e da Universo que juntos garantiram a realização do almoço de confraternização. 

 

 

 

Share on Facebook
Please reload